ESPORTE CLUBE MAMORÉ

Esporte Clube Mamoré é uma agremiação esportiva brasileira, sediada em Patos de Minas, em Minas Gerais. Foi fundada a 13 de junho de 1949. Atualmente é um dos 15 clubes mais importantes do interior de Minas Gerais, tendo participações importantes em campeonatos como a Copa Sul Minas, Campeonato Brasileiro Série C e Taça São Paulo de Futebol Júnior.

O Esporte Clube Mamoré foi criado no dia de Santo Antônio, padroeiro da cidade. É considerado um dos principais times do Alto Paranaíba e um dos 15 maiores do interior de Minas Gerais.

Foi um clube de futebol amador de Patos de Minas e arredores até a profissionalização do futebol, em 1989. O presidente do clube era Washington Ribeiro, grande responsável pelo sucesso do E.C. Mamoré nos anos seguintes.

Em 1990, filiado à Federação Mineira de Futebol, o Esporte Clube Mamoré disputou o primeiro campeonato como clube profissional. Em seu primeiro desafio, o Mamoré sagrou-se campeão mineiro da Terceira Divisão, obtendo acesso à Segunda Divisão.

Em 1991, novo desafio e nova conquista. O clube se sagrou campeão mineiro da Segunda Divisão, conquistando o direito de disputar a Primeira Divisão do Futebol Mineiro em 1992. Em apenas 2 anos, o Mamoré passou de clube amador à elite da primeira divisão do futebol em Minas Gerais.

De 1992 a 2006, foram vários anos de conquistas e alegrias, marcados principalmente pelo Título da Super Copa Minas Gerais em 1993, pelos Títulos de Campeão Mineiro do Interior em 1995 e em 2001 e também pelo Título de Campeão Mineiro do Módulo II em 2000.

O Título de Campeão Mineiro do Interior em 2001, deu ao clube uma das vagas para a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C do mesmo ano. Esse título também o credenciou a participar em 2002, da Copa Sul-Minas e do Supercampeonato Mineiro.

Em 2006, o clube passou por grave crise financeira, que acarretou na interdição do estádio Waldomiro Pereira por parte da Federação Mineira de Futebol. Por estar impossibilitado de realizar jogos, o Mamoré vendeu seu estádio para a rede de supermercados Bretas, por R$ 4,7 milhões. No local do antigo estádio foi construído um hipermercado e um shopping center.

Depois de três anos de grande expectativa é torcida de seus torcedores, foram concluídas as obras do Estádio, que foi aberto ao público no dia 13 de junho de 2009 (aniversário de 60 anos do clube) num evento com muita música e churrascada.

Mamoré voltou às competições profissionais no dia 16 de agosto de 2009, vencendo o Betim por 2 a 0, fora de casa, na sua estréia no Campeonato Mineiro de Futebol da Segunda Divisão. O primeiro jogo oficial disputado no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz aconteceu no dia 19 de agosto, quando o Sapo derrotou o Unitri, de Uberlândia, por 2 a 0. O Mamoré sagrou-se campeão invicto do torneio (14 vitórias e 4 empates), marcando 44 gols e sofrendo apenas 5.

Com o título da Segunda Divisão, o Mamoré teve direito de disputar o Campeonato Mineiro de Futebol Módulo II em 2010. Alternando bons e maus momentos durante sua campanha, o time de Patos de Minas conseguiu terminar o torneio na segunda posição, devido a punição imposta pela Federação Mineira de Futebol ao Tricordiano, garantindo o acesso ao Módulo I do Campeonato Mineiro de Futebol para o ano de 2011. Entretanto, uma punição imposta ao clube vetou a ascensão para o Módulo Principal do Campeonato Mineiro, e o Funorte de Montes Claros herdou a vaga.

Mudanças da diretoria do clube deram nova cara também ao futebol. Beto Ribeiro, assumiu como novo presidente no final do ano de 2011 e sem perder tempo, conseguiu diversas parcerias, além de aumentar o quadro de sócio-torcedores, que ultrapassou a meta de 800 adeptos em 2012.

[1] Em janeiro de 2012 o Mamoré enfrentou o Cruzeiro Esporte Clube no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz em amistoso de preparação para ambas equipes, com placar final de 2x1 para os visitantes, em partida com cerca de 10.000 pessoas naquela oportunidade.

A nova equipe formada para a disputa do Campeonato Mineiro de Futebol Módulo II se apresentou no dia 03 de janeiro de 2013, iniciando então os treinamentos para a competição, mas com boas atuações em casas e resultados não satisfatórios fora, a equipe acabou não se classificando para segunda fase do módulo II.

Em 2014 a equipe do Esporte Clube Mamoré participou mais uma vez do Campeonato Mineiro Módulo II onde foi o 2º colocado de seu grupo na 1ª fase com 19 pontos, somente atrás do Montes Claros com 21 pontos. Na 2ª fase da competição o clube garantiu acesso ao Campeonato Mineiro Módulo I ao vencer o Social por 2x1 em Coronel Fabriciano. Com esse resultado o Mamoré está de volta à 1ª divisão do Campeonato Mineiro depois de 9 anos. Com 2 rodadas de antecedência o Mamoré garantiu acesso e a liderança isolada na tabela.

No dia 21/04/2014, o Mamoré sagrou-se Tricampeão Mineiro do Módulo 2 ao derrotar o Tricordiano em casa por 3 a 1. Com 2 gols de Jonathan Reis e 1 de Charles a equipe conquistou pela 3ª vez o título do Módulo 2 e estará na 1ª divisão em 2015. Em sua estreia na primeira divisão foi derrotado pelo modesto time da Caldense por um elástico placar de 6x1. Neste campeonato, uma fraquíssima campanha culminou no rebaixamento para o módulo II do campeonato mineiro de futebol. Depois de 10 anos fora da primeira divisão, o Mamoré ficou somente uma temporada na elite mineira.

Em 2016 dia 13/12/2016 faleceu Marcus Vinicius de Faria Barros fisioterapeuta, estava fazendo trilha de bike e bateu com um tronco, caiu no chão de barriga para baixo, foi até o asfalto e chamou um amigo. Quando Marcus chegou em casa caiu no chão e imediatamente chamaram o SAMU, ele faleceu na mesma tarde. Ele foi um grande homem e um ótimo fisioterapeuta.

HISTÓRIA

Patrocinadores

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

© 2019 - Esporte Clube Mamoré - Criado por Dylan Produção e Marketing - www.dylanproducoes.com.br